Plano B: Governo vai reajustar tarifa de água e esgoto em dezembro.


Vladimir Chaves

Se a situação dos consumidores de água da CAGEPA, em Campina Grande e mais 18 municípios está difícil, devido ao duro racionamento imposto a população, em dezembro tende a piorar.

No próximo mês a empresa irá captar água do volume morto para fornecer a população, não satisfeito em fornecer uma água de péssima qualidade o Governo do Estado, ainda planejar reajustar as tarifas de água e esgoto.


Especula-se que para compensar a queda na arrecadação da empresa (CAGEPA) devido ao racionamento que provoca a redução do consumo de água, o Governo do Estado, encontrou como alternativa penalizar ainda mais os consumidores aumentando as taxas.

sábado, 21 de novembro de 2015

 Nenhum comentário

Vereador denuncia que TCE aprovou processo licitatório fraudado por prefeitura em 2004.


Vladimir Chaves

Ao criticar a proposta de criação do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM\PB) o vereador Alexandre do Sindicato (PHS), também não poupou criticas ao Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE\PB). Segundo o vereador o TCE\PB é inoperante e serve apenas para punir prefeitos de cidades pequenas.
“Os tribunais de contas não servem para nada, serve apenas para perseguir prefeituras do interior, tribunais de contas são apenas cabide de emprego para gente preguiçosa” disse.

Na justificativa de suas criticas ao TCE, o parlamentar citou o Processo Licitatório 0004\2004 da Prefeitura Municipal de Campina Grande, que o TCE\PB deu parecer favorável e que segundo o vereador trata-se de uma fraude.

De acordo com Alexandre, um condômino localizado no bairro do Mirante contratou uma empresa para calçar ruas de acesso ao condomínio, e que a prefeitura teria forjado uma licitação apresentado documentos ao TCE, como se o município tivesse realizado a obra.


“Temos documentos onde o Tribunal de Contas aprovou calçamento de ruas feito por empresa particular, contratada por um condomínio no bairro do Mirante e pago por esses condomínios, mas o Tribunal de Contas aceitou como verdade que a prefeitura tenha feito o calçamento” denunciou Alexandre do Sindicato.

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

 1 comentário

Câmara de Campina e Patos firmam parceria para implantação da TV


Vladimir Chaves

O presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, vereador Antônio Alves Pimentel Filho (PSD), recebeu a visita da presidente da Câmara Municipal de Patos/PB, vereadora Nadir Rodrigues Guedes (PMDB). A visita oficial teve como objetivo, firmar parceria de cooperação das duas Casas Legislativas, em relação à estruturação técnica da TV Câmara/CG Canal 15, bem como da TV Câmara/Patos Canal 14.

Segundo o vereador Pimentel Filho, a visita da vereadora Nadir Rodrigues, representa a integração necessária entre as Câmaras Municipais de Campina Grande e Patos, tendo em vista que recentemente os presidentes destas Casas Legislativas, estiveram juntos e assinaram no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília-DF, um convenio com o Ministério das Comunicações e da TV Câmara Federal, para liberação dos Canais de transmissão.


Ainda na sala da Presidência, os dois presidentes participaram de uma coletiva de imprensa, onde destacaram a importância da união das duas Casas Legislativas.

 Nenhum comentário

O Globo flagra “artimanha” de Manoel Junior para esvaziar reunião do Conselho de Ética contra Cunha.


Vladimir Chaves

O Jornal O Globo, em sua edição online de hoje (19), denunciou uma articulação do deputado paraibano Manoel Junior (PMDB), para  obstaculizar a realização da reunião do Conselho de Ética que trataria das acusações contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB).

De acordo com a matéria de O Globo, o deputado Manoel Junior, de posse de uma lista com os nomes dos integrantes do conselho e um celular, articulava ao lado da sala onde deveria acontecer a reunião para que a sessão não alcançasse o quórum necessário.

Ainda de acordo com O Globo, o deputado ao ser questionado sobre a “artimanha” negou que estivesse com lista, e ao ser confrontado com uma foto feita por jornalistas mudou a versão que não convenceu.

Confira a integra da matéria:

Aliado de Cunha participa de articulação para esvaziar Conselho.

Quando se aguardava o quórum para começar a reunião Conselho de Ética da Câmara que trata da acusação contra Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no plenário 9, o deputado Manoel Júnior (PMDB-PB), aliado do presidente da Câmara, articulava ao lado, no plenário 13, para a sessão não acontecer. Assessores iam e voltavam da sala do conselho com informes atualizando Júnior sobre quantos já estavam presentes. Um desses assessores trabalha com o deputado André Moura (PSC-SE), outro aliado de primeira hora de Cunha, e que também tentou obstruir a reunião. Manoel Júnior tinha em uma das mãos a lista de integrantes do conselho e em outra o celular. O GLOBO fotografou Manoel Júnior com a lista e o celular.

No plenário 13 ocorria uma esvaziada reunião da Frente Parlamentar em Defesa da Cadeia Produtiva da Reciclagem. Quando foi informado que a reunião do Conselho de Ética tinha quórum e a reunião começou, Júnior deixou a sala que estava e foi para o conselho, onde pediu a palavra e já tentou obstruir a continuidade da reunião.

Procurado pelo GLOBO no final da sessão, cancelada por uma manobra de Cunha, Júnior, inicialmente até negou que estava no plenário 13.

— Não fui nesse plenário não. Deve ter sido o André Moura. E não estava com lista alguma. Isso não aconteceu — disse Manoel Júnior.

O GLOBO, então, exibiu a foto, feita no celular, ao deputado, que deu outra versão.


— Devo ter dado uma passada lá. E essa lista devia estar lá, deixada pelo André Moura. Mas não liguei para ninguém. O Sandro Alex (PPS-PR) até me ligou e não pude atender - disse o deputado. Alex é titular do conselho.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

 Nenhum comentário

Fim do pesadelo, professores da UEPB retornam as salas de aula na próxima segunda-feira (23)


Vladimir Chaves

Em assembleia geral professores da Universidade Estadual da Paraíba – UEPB – põem fim à greve mais inconsequente da história da instituição. A assembleia aconteceu na manhã desta quinta-feira (19), data em que a greve completa cinco meses.


Sem conquistas os professores finalmente renderam-se aos fatos, e numa assembleia que contou com menos de 10% dos docentes da instituição, decidiram retornar as atividades na próxima segunda-feira (23). 

 Nenhum comentário

Congresso mantém veto de Dilma ao reajuste dos aposentados pelo percentual do mínimo


Vladimir Chaves

Congresso Nacional manteve o veto ao reajuste dos benefícios de aposentados e pensionistas da Previdência Social pelo mesmo percentual aplicado ao salário mínimo. Na votação feita pela Câmara dos Deputados, houve 211 votos contrários e 160 a favor. O mínimo para derrubar o veto da presidente Dilma Rousseff (PT) seria de 257 votos. Assim, não ocorreu a votação no Senado.

Ao sancionar o projeto de lei de conversão da Medida Provisória 672/15, convertendo-a na Lei 13.152/15, a presidente Dilma vetou a extensão da atual política de valorização do salário mínimo às aposentadorias e pensões maiores que um mínimo. Para o salário mínimo, a regra vigente foi prorrogada até 2019.
Dessa forma, aposentados e pensionistas que recebem mais de um salário mínimo continuarão contando apenas com a reposição da inflação, sem nenhum ganho real.

O salário mínimo é reajustado pela variação positiva do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes mais o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior.

Confira como votou a bancada da Paraíba

Contra os aposentados

Aguinaldo Ribeiro (PP)
Damião Feliciano (PDT)
Hugo Motta (PMDB)
Luiz Couto (PT)
Manoel Junior (PMDB)

A favor dos aposentados

Benjamim Maranhão (SD)
Efraim Filho (DEM)
Pedro Cunha Lima (PSDB)
Veneziano Vital (PMDB)
Wilson Filho (PTB)

Ausentes

Wellington Roberto (PR)

Rômulo Gouveia (PSD)

 Nenhum comentário

Governo Dilma planeja desmontar o Instituto Nacional do Semiárido, denuncia vereador.


Vladimir Chaves

Como se não bastasse o desprezo que tem dado ao semiárido nordestino, o governo da presidente Dilma Rousseff (PT), agora planeja desmontar o mais importante órgão de pesquisa para convivência do homem e animais com o semiárido nordestino.
Segundo denunciou o vereador Olímpio Oliveira (PMDB), a pretexto de promover uma reforma administrativa, o governo federal planeja extinguir o Instituto Nacional do Semiárido – INSA – transformando o órgão de pesquisa numa mera coordenadoria que ficará subordinada ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

De acordo com Olímpio, o prejuízo para pesquisa será incalculável, visto que uma coordenadoria não teria autonomia financeira, o que impossibilitaria a continuidade das pesquisas em andamento e futuras.

Na tentativa de reverter às intenções do governo da presidente Dilma, o parlamentar apresentou requerimento para que a Câmara Municipal de Campina Grande realize uma sessão especial com a presença de autoridades do governo federal, parlamentares da bancada federal, pesquisadores e membros da sociedade civil organizada.

“Precisamos organizar uma mobilização a partir desta Casa, junto à bancada federal e as lideranças da Paraíba para que esse mal não seja consolidado” disse Olímpio Oliveira.

O Instituto Nacional do Semiárido (Insa) foi criado através da Lei nº 10.860, de 14 de abril de 2004, como Unidade de Pesquisa integrante da estrutura básica do então Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), na forma do disposto no Decreto nº 5.886, de 6 de setembro de 2006 e está localizado na cidade de Campina Grande-PB.

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

 Nenhum comentário

Câmara Municipal de João Pessoa realiza na próxima quinta-feira sessão especial com o deputado Jair Bolsonaro.


Vladimir Chaves

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) aprovou requerimento de autoria da vereadora Eliza Virgínia (PSDB), para realização de uma Sessão Especial com o deputado federal Jair Bolsonaro (PP).

O requerimento teve votos favoráveis de onze parlamentares: Bosquinho (DEM), Bruno Farias (PPS), Dinho (PMN), Djanilson (PPS), Eliza Virgínia (PSDB), Felipe Leitão (SD), João dos Santos (PR), Lucas de Brito (DEM), Marco Antônio (PPS), Raíssa Lacerda (PSD) e Raoni Mendes (PTB). Outros nove, por sua vez, foram contrários à vinda de Bolsonaro à CMJP: Benilton Lucena (PT), Bira (PSD), Edson Cruz (PP), Fernando Milanez (PMDB), Fuba (PT), Marmuthe (PSD), Renato Martins (PSB), Sérgio da SAC (SD) e Zezinho Botafogo (PSB). Apenas João Corujinha (PSDC) se absteve no momento da votação.

Para a autora do requerimento, vereadora Raíssa Lacerda, o deputado será bem vindo a João Pessoa, por ser um parlamentar defensor da família e da vida.  “porque ele é a favor da família e da vida”.


A solenidade terá como tema: “O momento político atual no país”, e acontecerá no plenário da Câmara Municipal de João Pessoa, na próxima quinta-feira (19), a partir das 16h.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

 Nenhum comentário

Leis de autoria do vereador Napoleão Maracajá são promulgadas


Vladimir Chaves

O vereador Napoleão teve mais duas leis promulgadas neste ano de 2015, a primeira versa sobre a criação de cotas para negros nos concursos municipais, já a segunda, proíbe que a prefeitura contrate pessoas com ficha suja.

A lei de número 6.044, divulgada no Semanário Oficial, reserva aos negros 20% das vagas oferecidas nos concursos públicos para provimento de cargos efetivos e empregos públicos realizados pela administração pública municipal. A reserva de vagas a candidatos negros constará expressamente nos editais dos concursos, que deverá ainda, especificar o total de vagas disponíveis reservadas. Poderão concorrer às vagas aqueles que se autodeclararem negros no ato da inscrição do certame, conforme o quesito de cor ou raça utilizado pelo IBGE.

Ficha Suja

Já a Lei 5.824, impede a nomeação e obriga as autoridades competentes, dentro do prazo de 90 dias, a partir da sua publicação, a promover a exoneração dos ocupantes de cargos de provimento em comissão ou função gratificada que se enquadram nos seguintes crimes: Contra a economia popular, a fé pública, a administração pública e o patrimônio público; contra o patrimônio privado, o sistema financeiro, o mercado de capitais e os previstos na lei que regula a falência; contra o meio ambiente e a saúde pública; eleitorais, para os quais a lei comine em pena privativa de liberdade; de abuso de autoridade, nos cargos em que houver condenação à perda do cargo ou à inabilitação para o exercício da função pública; de lavagem ou ocultação de bens, direito e valores; de tráfico de entorpecentes e drogas afins, racismo, tortura, terrorismo e hediondos; de redução à condição análoga à de escravo; contra a vida e a dignidade sexual; praticados por organização criminosa, quadrilha ou bando.


As leis já estão em vigor, pois já houve publicação nos semanários oficiais a Prefeitura Municipal de Campina Grande. O vereador Napoleão Maracajá destaca que estas leis são de grande importância para dar mais oportunidades, como também para moralizar o serviço público municipal.

 Nenhum comentário

TV Câmara será o novo Canal de TV aberta de Campina Grande


Vladimir Chaves

Em breve Campina Grande contará com mais um sinal de TV aberta, trata-se da TV Câmara, a garantia foi dada pelo presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, vereador Antônio Alves Pimentel (PSD), que esteve neste final semana em Brasília, participando de uma reunião com o diretor-geral da TV Câmara dos Deputados, Claudio Ferreira e Evelin Maciel, diretora de Coordenação de Rede Legislativa de Rádio e TV.

Na manhã desta terça-feira 17 de novembro, às 9h, acontecerá o evento de anúncio da liberação da TV Câmara Canal 15 para Campina Grande, com a presença dos presidentes da Câmara Federal e do Senado. “Este será um momento de pleno êxito de nosso trabalho diante da Câmara, pois, através do novo Canal 15, Campina Grande ganhará além de uma programação educativa, também possibilitará ao cidadão campinense, que acompanhar diariamente o desempenho e o trabalho de seus vereadores e deputados, pois as sessões de ambas as casas serão transmitidas para conhecimento público de tudo que é debatido e votado dentro da Casa do Povo”. Comemorou Pimentel Filho.


Segundo, Pimentel Filho, após a liberação do Canal o próximo passo será a consolidação de parcerias, a exemplo do que já realizou em setembro do corrente ano, com o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba deputado Adriano Galdino, além de diversos outros órgão e instituições empresariais, industriais e comerciais de nossa região. “A expectativa é que a TV Câmara Canal 15, esteja no AR no primeiro semestre de 2016, já contando com o programa piloto gravado” destacou Pimentel Filho.

 Nenhum comentário

Reitor da Universidade Estadual da Paraíba será homenageado pela CMCG com o Título de Cidadão Campinense


Vladimir Chaves

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Antonio Guedes Rangel Junior, será homenageado pela Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), com a outorga do Título de Cidadão Campinense. A cerimônia de entrega da honraria, proposta pelo vereador Marinaldo Cardoso, será realizada nesta segunda-feira (16), às 19h30, na Câmara dos Vereadores.

Natural de Juazeirinho, no Cariri paraibano, Rangel Junior nasceu em 16 de novembro de 1962. Possui Mestrado em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (UFCE) e Doutorado em Educação, pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Dedica-se há décadas à música e a educação. Na música ingressou no final de década de 1970, ainda na sua cidade natal. Nos anos 1980 migrou para Campina Grande.

Na Rainha da Borborema, estudou no Colégio Estadual da Prata, onde concluiu o 2º Grau, hoje Ensino Médio. Trabalhou como faturista da Ibrahim Hamad Malas e Colchões, faturista e chefe de recursos humanos no Balcão da Economia, cobrador de ônibus na Nacional de Luxo e conferencista de passagens no escritório da mesma empresa, onde também era folguista de cobradores.

Ingressou na Universidade Estadual da Paraíba em 1981, como aluno do Curso de Psicologia. Em 1988, iniciou sua atuação docente na Instituição, como professor temporário. Aprovado em concurso público, em 1989, passou a integrar o quadro de professores efetivos da UEPB, sendo eleito em 1990 como presidente da Associação de Docentes.

Com forte atuação política dentro da instituição de ensino, participou das principais lutas em defesa da educação e do ensino público de qualidade. Teve destacada participação no movimento de mobilização que levou à Estadualização da URNe – Universidade Regional do Nordeste que, em 1987, passou a ser Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Exerceu mandato como vice-reitor (1996-2000), foi chefe de gabinete, pró-reitor de Graduação e pró-reitor de Planejamento. Atualmente, é reitor da UEPB, tendo sido escolhido, em 2012, por ampla maioria da comunidade acadêmica (professores, técnicos administrativos e estudantes). Como docente, leciona nas seguintes áreas: Educação Superior, Ética Profissional, Fundamentos da Educação e Psicologia Clínica.

Entre outras funções, foi presidente do Conselho de Educação do Estado. Atualmente é membro do conselho deliberativo da Associação Brasileira de Universidade Estaduais e Municipais (ABRUEM) e do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (CRUB), membro e presidente do Conselho do Parque Tecnológico da Paraíba. Como artista é compositor popular com vários CDs lançados, músicas compostas para cinema, TV e teatro e outras gravadas por diversos artistas nordestinos.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

 Nenhum comentário

Greve UEPB: Dando tempo ao tempo, para que as férias continuem dando tempo ao tempo...


Vladimir Chaves

Numa nítida demonstração de que não estão levando nada a serio, a Associação dos Docentes da Universidade Estadual da Paraíba – ADUEPB – ignorou por completo as recomendações do Ministério Público da Paraíba e o acordo com o governador Ricardo Coutinho, para o fim da greve dos professores.
Quando todos esperavam a convocação de uma assembleia para por fim a greve mais inconsequente de toda a história da UEPB, eis que a ADUEPB convoca através de Oficio o todo poderoso “Comando de Greve” para uma reunião que deve acontecer na tarde desta segunda-feira (16). Detalhe, a convocação sequer tem uma pauta.

O primeiro a reagir a “brincadeira” da ADUEPB foi o Reitor Rangel Junior, que postou no seu perfil “Twitter”: “Houve nitidamente uma quebra de um acordo por parte do Comando de Greve e ADUEPB. Arcarão com as consequências” alertou.


Quem melhor definiu a greve que já dura quase cinco meses, prejudicando cerca de 20 mil estudantes, foi o governador Ricardo Coutinho (PSB), quando disse: “Isso ai não é greve, é férias indefinidas, infinita”.

 Nenhum comentário