Atleta campinense Mayara Rocha é eleita Personalidade do Ano no Esporte


Vladimir Chaves

A atleta de Campina Grande Mayara Rocha Soares foi eleita a Personalidade do Ano de 2017 na categoria Esporte, em votação realizada pelo Portal Celino Neto. Mayara obteve 3.615 votos. Em segundo lugar ficou o jogador de futebol Hulk, com 2.518 votos e, em terceiro, a atleta de vôlei Mari Paraíba, com 2.293 votos.
A votação envolveu a sociedade e os formadores de opinião de Campina Grande que, nos últimos dias, comentaram e compartilharam o assunto nas redes sociais, estimulando as pessoas a votar em profissionais, eventos, empreendimentos e iniciativas que se destacaram no ano de 2017, em áreas como Esporte, Política, Educação, Negócios, Saúde, Empreendedorismo, dentre outros.

Cada pessoa poderia escolher um representante de cada categoria, em única votação. O resultado foi divulgado na noite desta segunda-feira (15), pelo jornalista Celino Neto, em ‘live’ transmitida em seu portal e em seus perfis nas redes sociais.

Mayara Rocha Soares tem 25 anos e é natural de Campina Grande. Em 2017 sagrou-se tricampeã paraibana e vice-campeã brasileira de Levantamento de Peso, em sua categoria. Também garantiu índice para o Campeonato Brasileiro de Levantamento de Peso 2018, que será realizado no Rio de Janeiro, neste primeiro semestre do ano; e ficou em terceiro lugar num Campeonato Mundial organizado pelo Crossfit Games.

Ao receber a notícia, Mayara agradeceu os votos obtidos e os apoios conquistados ao longo de sua trajetória de atleta profissional, o que lhe garante a preparação necessária para as competições, sejam estaduais ou nacionais. Ela citou profissionais, empresas e instituições como a Escola de Idiomas Uptime, Roval Farmácia de Manipulação, Academia Crossfit Brabo, Dra. Ludmila Maciel (Medicina Preventiva), Flexibilitat - Academia de Pilates, o Fisioterapeuta Gabriel Marques, Loja de Suplementos ShopSport, o Nutricionista Artur Caminha, a Vitalite  - Clínica de Estética, dentre outros. “São empresas e profissionais que acreditam e apoiam o esporte”, disse a atleta.


“Ai que alegria.. muito feliz com o título de Personalidade do ano no Esporte, com as 3.615 pessoas que votaram em mim no Portal Celino Neto. Agradeço a cada um, a Deus e a todos os que me incentivam a continuar atuando neste esporte que amo. Procuro continuar a representar nossa Campina e nossa Paraíba, sempre com muito orgulho e dedicação. Foi muito bom competir ao lado de grandes nomes do esporte. Gostaria, também, de agradecer os meus apoiadores e a Celino pelo reconhecimento e carinho de sempre”, disse Mayara, em agradecimento, nas redes sociais. 

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

 Nenhum comentário

Ano de eleição, vazão total no uso politiqueiro das águas do São Francisco.


Vladimir Chaves

A tentativa de, mais uma vez, utilizar a transposição das águas do rio São Francisco como palanque político levará a Câmara Municipal de Campina Grande a pagar o maior mico de sua história. Impossibilitados de pautarem na campanha de 2018, o que verdadeiramente interessa e aflige o povo campinense, como; o caos na saúde, a insegurança e o agravamento do desemprego do município, alguns optaram pelo caminho curto, construindo um discurso rasteiro de opor-se ao socorro dos irmãos pernambucanos que também precisam da água que hoje socorre Campina Grande.

Alguém precisa avisar aos nobres parlamentares que o Eixo Leste foi projetado e executado para amenizar o sofrimento do semiárido do sertão e agreste de Pernambuco e Paraíba, e não apenas, a cidade de Campina Grande.

O discurso dos que estão contrários à transposição de parte das águas que correm no Rio Paraíba para o vizinho estado de Pernambuco, em nada se difere do discurso daqueles demagogos oportunistas que outrora foram contrários ao inicio das obras de transposição das águas do São Francisco, a insensibilidade, a desumanidade, a politicagem é a mesma.


Não! Campina Grande não irá compactuar com essa mesquinharia, com essa politicagem desumana e imoral, construam outro palanque, busquem outros meios de abiscoitarem votos dos desavisados, pois a água que primeiro percorre o estado de Pernambuco e hoje chega as nossas torneiras, pode e deve saciar a sede dos irmãos pernambucanos. 

 Nenhum comentário

Cortesia com o “chapéu do contribuinte”: Prefeito sanciona Lei que concede folga remunerada a servidores.


Vladimir Chaves

Na contramão das discussões que o país vem travando pela diminuição dos privilégios para servidores públicos, a Câmara Municipal de Campina Grande aprovou e o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) sancionou o Projeto de Lei nº6. 841, que concede anualmente um dia de folga remunerada aos servidores da Prefeitura e da Câmara Municipal.

A cortesia com o dinheiro dos contribuintes estabelece que os 5.178 servidores públicos da Prefeitura mais os servidores da Câmara poderão gozar uma folga remunerada na data do aniversário, e que, quando a data do aniversário coincidir com finais de semana e feriados esse gozará a folga no dia útil seguinte.

Recentemente o Instituto Paraná Pesquisa divulgou levantamento onde 70,2% dos brasileiros, acreditam que os servidores públicos gozam de privilégios em relação aos trabalhadores da iniciativa privada.

Confira a integra da Lei nº 6.841

Art. - Fica autorizado ao Chefe do Poder Executivo e Legislativo Municipal a conceder um dia de folga remunerada aos servidores públicos municipais efetivos, na data de seus aniversários. Parágrafo Único - Quando o aniversário do servidor coincidir com final de semana, feriados e pontos facultativos, o mesmo, terá direito de gozar esta folga no próximo dia útil.

Art. - O Chefe do Poder Executivo e Legislativo Municipal tomará as providências necessárias para cumprimento desta Lei.


Art. - Está Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. 

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

 Nenhum comentário

Presidente do PT se confunde e vê apoio a Lula em homenagem a torcedor de futebol italiano


Vladimir Chaves

A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), divulgou em seu Twitter neste sábado (13) que a torcida do clube alemão Bayern de Munique levou ao estádio uma faixa que dizia “Forza Lula”, que mostraria apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Mas, na verdade, a mensagem traz os dizeres “Forza Luca”, e faz referência ao torcedor italiano Luca Farnesi, que foi vítima de uma briga entre torcidas em seu país.

“SHOW DE TORCIDA!! Um apaixonado por futebol como @LulapeloBrasil merece mesmo o carinho e a homenagem de torcedores no mundo todo. Recebi esta imagem, que mostra uma faixa ‘FORZA LULA’ na torcida do Bayern de Munique, ontem, na partida contra o Bayer Leverkusen, pela Liga Alemã”, escreveu a parlamentar. Gleisi, posteriormente, excluiu o post.

As homenagens a Luca Farnesi se tornaram comuns em diferentes estádios da Europa desde que o torcedor entrou em coma após um confronto no dia 5 de novembro do ano passado. O episódio gerou comoção na Itália e em outros países e até torcedores de times rivais se empenharam em prestar solidariedade ao italiano, torcedor do modesto Sambenedettese, da terceira divisão italiana. A torcida do Bayern de Munique, mencionada pela presidente do PT, foi uma das primeiras a prestar homenagem.


Gazeta do Povo

domingo, 14 de janeiro de 2018

 Nenhum comentário

TCE-PB recomenda que prefeitos não afetem salários, educação saúde e previdência com festividades.


Vladimir Chaves

Os prefeitos paraibanos devem adequar os gastos públicos com festividades a cronogramas mensais de desembolso a fim de não comprometerem o pagamento de salários nem obrigações financeiras atinentes, entre outras, à educação, saúde, previdência e fornecedores.

A recomendação está no ofício circular nº 01/18 expedido, nesta sexta-feira (12), a cada prefeito municipal pelo presidente do Tribunal de Contas da Paraíba, conselheiro André Carlo Torres Pontes.

O mesmo documento adverte a todos quanto aos prazos de informação ao TCE sobre essas despesas, na forma e conteúdo descritos em três Resoluções Normativas da Corte, a primeira de 2009, a segunda de 2013 e a última de 2015, matérias, portanto, de pleno conhecimento das Prefeituras.

Com data de 18 de fevereiro de 2009, a primeira dessas Resoluções dispõe sobre a regulamentação dos procedimentos a serem adotados para a contratação de bandas, grupos musicais, profissionais ou empresas do setor artístico.

A RN 01/2013, publicada em 05 de março do respectivo exercício, trata de documentos relacionados a esses gastos (demonstrativos de despesas com data, valor e credor de todos os empenhos, convênios, parcerias, contratos, concessões ou patrocínios) e, ainda, de suas remessas ao exame do TCE “no prazo de até 30 dias contados do último dia do mês da festividade”.


Ascom/TCE-PB

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

 Nenhum comentário

Projeto permite que invasor de propriedade seja expulso sem ordem judicial.


Vladimir Chaves

Está em análise na Câmara dos Deputados proposta que altera o Código Civil (Lei 10.406/02) para permitir a ação policial, sem necessidade de ordem judicial, na retirada de invasores de propriedade privada. A medida afeta, sobretudo, os casos de invasões de terras motivadas por disputas agrárias.

A lei já permite que o proprietário expulse o invasor por conta própria, desde que não haja excesso de violência.

De acordo com o Projeto de Lei 8262/17, do deputado André Amaral (PMDB), o proprietário poderá requisitar diretamente o auxílio policial, sem que o caso seja analisado por um juiz. Para tanto, deverá apresentar escritura pública que comprove a propriedade do imóvel.

O autor argumenta que a solução pela via judicial é “demorada, em face dos diversos procedimentos processuais cabíveis, o que produz insegurança jurídica e desestimula determinadas atividades econômicas”.

Ainda segundo André Amaral, “a invasão priva o proprietário da utilização do bem, impede o direito de habitação, produz traumas psicológicos e emocionais, além de prejuízos financeiros e morais que nunca serão ressarcidos”.

Tramitação

A proposta será analisada de forma conclusiva pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

 Nenhum comentário

Descaso: Promotoria de Defesa da Educação aponta irregularidades em escolas e creches de Campina Grande.


Vladimir Chaves

A Promotoria de Defesa da Educação de Campina Grande expediu recomendações ao prefeito e secretário de Educação de Campina Grande e aos conselhos escolares e direção de sete unidades de ensino para que adotem as medidas necessárias para a solução das irregularidades apontadas em questionários que foram respondidos pelas direções e conselhos de diversas escolas e creches municipais.

Entre as medidas recomendadas estão adequação, instalação ou construção de ambientes e salas suficientes para o bom funcionamento das escolas; aquisição de novas carteiras ou cadeiras e novos birôs; melhoria da climatização de todos os ambientes escolares; e fornecimento de equipamento de proteção individual em quantidade suficiente aos funcionários, acompanhados de orientação quanto à necessidade e uso correto.

Também foram recomendadas medidas como realização de limpeza na área externa vizinho à escola; instalação de piso antiderrapante emborrachado nas rampas do pátio; elevação do muro; adequação da área da cozinha e da ventilação, a fim de garantir o conforto térmico; instalação de lavatórios na área de manipulação; aumento do tamanho da bancada; e instalação de local adequado, restrito e ventilado para guarda do material de limpeza, com identificação e utilizadas de forma a evitar o contato com alimentos.

Escolas e creches:

- Creche Municipal Vovó Clotilde
- Creche Municipal Nenzinha Cunha Lima
- Creche Municipal Sinhazinha Celino
- Escola Municipal Cícero Correia de Meneses
- Escola Municipal Professor Mauro Luna
- Escola Municipal Padre Emídio Viana Correia
- Escola Municipal Ana Azevedo

 Nenhum comentário

Salários atrasados: Sindicato ameaça pedir bloquei das verbas da Prefeitura de Campina Grande.


Vladimir Chaves

O Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab) ameaça pedir o bloqueio das verbas federais destinadas à Prefeitura Municipal de Campina Grande, caso o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) não honre o pagamento do 13º e os salários de centenas de servidores, que deveriam ter sido pagos em dezembro do ano passado.

Para o diretor de comunicação do Sintab, Napoleão Maracajá, o prefeito Romero Rodrigues não respeita os trabalhadores do município. “É preciso priorizar quem trabalhou a vida toda, aposentados estão sendo humilhados. Além disso, são muitos servidores efetivos que também não receberam 13º nem dezembro e estão desesperados sem saber como arcar com as despesas, como pagar as contas básicas. Lembramos que foi deliberado em assembleia que se até o quinto dia útil os servidores não receberem, devem cruzar os braços”, disse.

Segundo Napoleão, se o desrespeito persistir, além das medidas judiciais já encaminhadas e das que deverão ser efetivadas, os trabalhadores deverão ocupar a Prefeitura em manifestação pacífica porém de ordem, para protestar contra os abusos da gestão. “O mínimo que o governo tem que fazer é respeitar a decisão. Se houver desrespeito vamos ocupar as secretarias ou a prefeitura. A situação está ficando insustentável”, reforçou.

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

 Nenhum comentário

Câmara Municipal de Campina Grande gastou mais de R$ 37 mil com divulgação de atividades parlamentar, em novembro.


Vladimir Chaves

No mês de novembro de 2017, a Câmara Municipal de Campina Grande, empenhou e pagou a uma agência de publicidade o valor de R$ 37.937,00. Segundo dados do Tribunal de Contas às despesas são referentes à “divulgação das atividades da Câmara Municipal” no mês de outubro de 2017.


O que chama a atenção é que muitos servidores do poder legislativo ainda não receberam os salários de dezembro de 2017. 

 Nenhum comentário

Pindaíba: Prefeito não repassa duodécimo e servidores da CMCG não recebem salário de dezembro


Vladimir Chaves

Enfrentando uma crise financeira sem precedentes a Prefeitura de Campina Grande além de não honrar o pagamento de centenas de servidores, também não honrou com o compromisso do repasse integral do duodécimo da Câmara Municipal de Campina Grande.

Segundo o líder da oposição vereador Anderson Maia (PSB), até a presente data, 9 de janeiro, muitos servidores do Poder legislativo não receberam o salário do mês de dezembro.


“Tem repasse atrasado do duodécimo que o prefeito não efetuou para que a Câmara pudesse pagar os servidores em dia” denunciou o parlamentar.

 Nenhum comentário

Caixa de campanha: Deputados e senadores vão desviar R$ 10 milhões da construção da adutora do Rio Piancó.


Vladimir Chaves

Para bancar o fundo eleitoral bilionário deputados e senadores não pouparam nem mesmo os milhares de nordestinos que padecem com a seca no Nordeste. Sem nenhum pudor, sem nenhum constrangimento vão meter a mão em verbas destinadas a saúde, educação, segurança e até mesmo as que seriam usadas para amenizar os efeitos da seca no Nordeste.


O Estado da Paraíba será um dos mais afetados, já que serão subtraídos R$ 10 milhões que estavam destinados à construção do sistema adutor do Rio Piancó pelo Departamento Nacional de Obras Contra Seca (Dnocs), 18 municípios paraibanos serão penalizados.

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

 Nenhum comentário

Deputados e senadores desviam R$ 472,3 milhões da saúde e educação para caixas de campanha eleitoral.


Vladimir Chaves

O fundo eleitoral bilionário criado para bancar as campanhas políticas com recursos públicos retirou R$ 472,3 milhões originalmente destinados pelos parlamentares para educação e saúde neste ano.

Levantamento mostra que o fundo receberá R$ 121,8 milhões remanejados da educação e R$ 350,5 milhões da saúde. O valor corresponde à transferência de dinheiro das emendas de bancadas – que seria destinado a esses setores – para gastos com as campanhas eleitorais deste ano.

O fundo, aprovado em 4 de outubro do ano passado receberá no total, R$ 1,75 bilhão. Desse montante, R$ 1,3 bilhão sairá das emendas de bancada, cujo pagamento é obrigatório pelo governo, e R$ 450 milhões da isenção fiscal que seria concedida a rádios e TVs para veicular programas partidários.

O dinheiro será distribuído aos partidos de acordo com o tamanho de suas bancadas na Câmara e no Senado. A criação do fundo é contestada por ação que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), sob a relatoria da ministra Rosa Weber. Ela decidiu levar o caso ao plenário da Corte e ainda não há data para o julgamento.

A verba retirada da saúde para abastecer o caixa das campanhas seria suficiente, por exemplo, para arcar com a construção de 159 novas Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs), com sete leitos, dois médicos e atendimento médio de 150 pacientes por dia ou financiar 859 Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Os recursos que deixaram de ser aplicados em educação equivalem a 34% de todos os pagamentos que o governo realizou no ano passado no Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância): R$ 355 milhões, conforme dados do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O dinheiro serve para construir e equipar creches.


(AE)

 Nenhum comentário

STTP tenta explicar aumento de 60% nas multas, “motoristas imprudentes que levam risco a sociedade”


Vladimir Chaves

Em nota a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande – STTP – tentou justificar o aumento absurdo de multas na cidade, em relação aos quatro últimos anos. Em 2017 o número de multas aplicadas no transito campinense ficou acima de 60% das multas aplicadas no primeiro mandato do prefeito Romero Rodrigues.  

Para a STTP o aumento de 60% é “natural” diante do inaceitável comportamento dos motoristas que conduzem seus automóveis “de forma arriscada e imprudente, levando risco para a sociedade”.

Na nota a STTP ainda gaba-se de ter implantado duas “ferramentas” que facilitam o pagamento das multas, o SNE que dá descontos de até 40% e a outra que possibilita o pagamento parcelado no cartão de crédito.

Confira integra da nota, tentando justificar a “explosão” de multas:


STTP esclarece sobre notícia veiculada a cerca de aumento no percentual de arrecadação de multas

A Prefeitura de Campina Grande, através da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos - STTP, em respeito a população e ao bem da verdade, esclarece noticia veiculada na imprensa sobre aumento no percentual da arrecadação de multas.

Houve sim um natural aumento por conta do inaceitável aumento de infrações cometidas (e flagradas), por parcela de motoristas que conduzem de forma arriscada e imprudente, levando risco para a sociedade.

É público, notório, dever e função da STTP fiscalizar. Essa fiscalização, aliada a outras ações, resultaram em redução de acidentes com vítimas em Campina Grande, em mais de 10 %, reduzindo gasto público na saúde, evitando que pessoas sejam mortas e feridas pela violência no trânsito. E ainda fruto do nosso planejamento, nos locais onde foram implantadas a fiscalização eletrônica foi reduzido a zero o número de óbitos. A violência no trânsito é problema grave, não só em nossa cidade como no estado e no país!

A multa é a consequência de condutas ilícitas praticadas no trânsito e que, como muitas vezes noticiado pela própria imprensa, são geradoras de acidentes.

No ano passado, a Prefeitura implementou duas ferramentas importantes que está facilitando o pagamento de multa: de um lado, o SNE (que concede 40% de desconto na quitação da multa, caso o condutor não deseje recorrer). Essa ferramenta mudou a lógica do pagamento das multas, pois antes muitos proprietários de veículos esperavam para pagar apenas no licenciamento, ou seja, no ano seguinte. No ano de 2017, muitos preferiram antecipar, mediante pagamento pelo SNE.

Por outro lado, Campina Grande foi cidade pioneira no Brasil a implantar o parcelamento de multas através de cartão de crédito. Essas ferramentas permitiram maior facilidade de pagamento dos débitos em aberto.

Ademais, considerando que até 2016 não dispúnhamos na cidade do SNE nem do parcelamento do cartão, a arrecadação de 2016 reporta-se às ações de fiscalização de 2015, já que, na época, o pagamento dessas multas majoritariamente era feito apenas no licenciamento do ano seguinte, sem antecipação.

Não custa lembrar que, no referido ano fonte da noticia, a STTP enfrentou greve branca dos agentes de trânsito, reduzindo de forma expressiva a sua ação fiscalizatória.

Por fim, estimulamos a utilização de nossos canais de denúncias, sugestões, dúvidas, esclarecimentos, por meio de nossa Ouvidoria, através do telefone 3341.1517, em nosso site, ou até mesmo no site do TCE/PB, caso queiram informar qualquer desconforto quanto à transparência da arrecadação e de utilização dos recursos oriundos das multas de trânsito. A superintendência de Conformidade está aberta para esclarecer quaisquer dúvidas a respeito da aplicação dos compromissos e do gerenciamento da verba pública.

Felix Araújo Neto

Superintendente

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

 Nenhum comentário

Paraíba: Deputado “galo de briga” vira noticia nacional.


Vladimir Chaves

Apesar do pouco tempo exercendo um mandato de deputado federal, André Amaral (PMDB) tem se notabilizado na imprensa nacional de forma negativa, ano passado ele ganhou as páginas dos jornais quando solicitou da Câmara dos Deputados dinheiro público para assistir um campeonato de Kart em Portugal, agora o deputado voltas às paginas dos jornais como um verdadeiro “galo de briga”.

Sentindo-se ofendido por ter sido chamado pelo vereador Betinho, da cidade Bayeux, de deputado “meia-tigela” o parlamentar esmurrou o vereador diante de dezenas de testemunhas.

Confira trechos da matéria no Site Congresso em Foco.

Deputado agride vereador com socos; imagens serão enviadas à Câmara.

O deputado André Amaral (PMDB-PB) desferiu socos em um vereador durante depoimento que prestava na Câmara Municipal de Bayeux, na região metropolitana de João Pessoa. Irritado com perguntas feitas pelo vereador Roberto da Silva (Podemos), o Betinho da RS, Amaral se levantou e agrediu o interlocutor, que estava sentado.

O deputado era ouvido como testemunha de acusação no processo de cassação do prefeito interino, Luiz Antônio Alvino (PSDB), investigado por corrupção. Amaral também acusa Luiz Antônio de fazer campanha de difamação contra ele.

Veja o momento da agressão:

Depois da agressão, o vereador foi até uma delegacia registrar queixa contra o deputado por lesões corporais. Em vídeo publicado pouco após o episódio, André Amaral disse que reagiu aos ataques do vereador “em defesa da honra” e chamou Betinho de “capacho” do prefeito. “Quando eu cheguei na Câmara, ele disse que eu era deputado meia-tigela e que tinha capangas. Eu defendi a minha honra”, declarou. O vereador afirmou que foi “atacado covardemente” por exercer sua função como membro da comissão processante.

 Nenhum comentário

Sintab entra com ação na justiça contra o prefeito Romero Rodrigues.


Vladimir Chaves

O Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab) protocolou ação civil pública contra o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), pelo descumprimento do pagamento do décimo terceiro salário de vários servidores.

De acordo com o coordenador de comunicação do Sintab, Napoleão Maracajá, a ação em caráter de liminar deve ser julgada rapidamente, para despacho na vara que tem um juiz plantonista.


O sindicato lamentou o estado de falência em que se encontra o município de Campina Grande. "O não pagamento desorganizou a vida de muitos trabalhadores", enfatizou Napoleão Maracajá.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

 Nenhum comentário

Folha de servidores não concursados continua crescendo na Câmara Municipal de Campina Grande.


Vladimir Chaves

Longe da crise financeira que assola o país a Câmara Municipal de Campina Grande segue aumentando suas despesas mês a mês. Segundo o Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (SAGRES), do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, no mês novembro o Poder Legislativo campinense aumentou mais uma vez o número de servidores não concursados.

Confira a “evolução” do número de servidores contratados de fevereiro a novembro e os respectivos valores que saem dos cofres públicos mês a mês.

Em fevereiro o poder legislativo campinense possuía 256 servidores contratos sem concurso público, gerando uma despesa de R$ 709.308,00.

Em março o número subiu para 284 servidores com uma despesa de R$ 806.280,00

Em abril subiu para 296 servidores com uma despesa de R$ 824.705,00

Em maio 282 servidores com uma despesa de R$ 817.668,00

Em junho para 287 servidores e uma despesa de R$ 831,311,00

Em julho 295 servidores e uma despesa de R$ 849.691,00

Em agosto 299 servidores com uma despesa de R$ 850.438,00

Em setembro 313 servidores elevando as despesas para R$ 882.903,00

Outubro 314 servidores com uma despesa R$ 885.713,00

Novembro 315 servidores elevando as despesas para o cofre público para R$ 887.427,00



Em fevereiro a Câmara Municipal de Campina Grande tinha apenas 12 servidores efetivos, em novembro esse número caiu para 9, sendo os demais cargos ocupados por servidores comissionados ou contratações por “excepcional interesse público”, além dos 23 parlamentares e 6 servidos inativos e pensionistas. 

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

 Nenhum comentário

Pindaíba: Sindicato denuncia que aposentados da PMCG não receberam salário de dezembro.


Vladimir Chaves

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab) os servidores aposentados da Prefeitura Municipal de Campina Grande, começaram o ano de 2018 sem o salário referente ao mês de dezembro.

De acordo com coordenador de Comunicação do Sindicato, Napoleão Maracajá, a gestão prefeito Romero Rodrigues (PSDB), pratica uma brutal violência contra quem já trabalhou tanto, serviu tanto à população. “É nessa fase da vida que essas pessoas mereciam mais respeito, mais cuidado, mais amor, no entanto, receberam desamor, desrespeito, são menosprezaras e tratadas com descaso”, enfatizou.


Napoleão lembrou que este é mais um desagravo contra os servidores efetivos do município, já que outros tantos não receberam sequer o salário de dezembro, nem o 13º. “Várias categorias não receberam nem décimo, muito menos o salário correspondente ao mês de dezembro. O que mais assusta é que essa gente ainda quer governar a Paraíba, como assim? Se não tem capacidade de ao menos pagar em dia os salários dos trabalhadores”, acrescentou.

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

 Nenhum comentário