Vitória do Brasil, deputados derrotam “jabuti criminoso” que limitava poderes dos auditores fiscais.


Vladimir Chaves


A pressão popular levou o país a mais uma vitória na Câmara dos Deputados, após muito esforço dos deputados comprometidos com o combate a corrupção, foi retirado o “jabuti criminoso” que retirava a competência da Receita Federal investigar crimes como lavagem de dinheiro.

Através de votação simbólica, isto é, sem a contagem de votos no painel eletrônico, a Câmara derrubou a emenda imposta por partidos de esquerda e o  Centrão que limitava os poderes dos auditores fiscais da Receita Federal.

Com a conclusão das votações da medida provisória da reforma administrativa agora o texto segue para o Senado Federal. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, anunciou que a medida irá à votação na próxima terça-feira (29).

quinta-feira, 23 de maio de 2019

 Nenhum comentário

Coaf: Apenas 4 deputados da Paraíba votaram pelo fortalecimento do combate a corrupção.


Vladimir Chaves


Temendo a atuação do ministro da Justiça, Sergio Moro, a maioria dos deputados federais votaram pela retirada Coaf – Controle de Atividades Financeiras – do Ministério da Justiça. O Coaf é responsável por investigações relacionadas à lavagem de dinheiro a partir de informações repassadas pelo sistema financeiro sobre movimentações suspeitas de recursos.

A retirada do Coaf foi um dos itens apreciados em separado na votação da MP 870, que teve o seu texto base aprovado. Votaram pela fragilidade na fiscalização das atividades financeiras suspeitas, 228 parlamentares, enquanto que 210 deputados votaram pelo fortalecimento do combate a corrupção, outros 70 deputados também contribuíram com a derrota da medida de combate a corrupção não comparecendo ao plenário. Ainda houve 4 abstenções.   

Logo após a votação o ministro Sergio Moro pronunciou-se nas redes sociais;
“Sobre a decisão da maioria da Câmara de retirar o COAF do Ministério da Justiça, lamento o ocorrido. Faz parte da democracia perder ou ganhar. Como se ganha ou como se perde também tem relevância. Agradeço aos 210 deputados que apoiaram o MJSP e o plano de fortalecimento do COAF.”

Da bancada da Paraíba apenas 4 deputados votaram em sintonia com os anseios da sociedade: Pedro Cunha Lima, Rui Carneiro, Efraim Filho e Julian Lemos.

Já os deputados Aguinaldo Ribeiro, Damião Feliciano, Frei Anastácio, Gervásio Maia e Hugo Motta, optaram pela fragilidade do Coaf.

Wilson Santiago, Edna Henrique e Wellington Roberto “gazearam” não comparecendo a sessão. 


 Nenhum comentário

Deputado do PSL confirma presença nas manifestações do dia 26.


Vladimir Chaves


O deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL) confirmou presença nas manifestações marcadas para acontecer em todo o país, no próximo domingo 26. O parlamentar participará do ato que acontecerá em Campina Grande, na Praça da Bandeira, às 14 horas.

O ato convocado através das redes sociais tem como pauta o apoio à reforma da Previdência, o pacote anticrime apresentado pelo Ministro da Justiça Sergio Moro, a CPI da Lava Toga e o repúdio ao Centrão que tem atrapalhado as reformas necessárias ao país.

Na Paraíba haverá ainda manifestações em João Pessoa (Busto Tamandaré).

quarta-feira, 22 de maio de 2019

 Nenhum comentário

960 prefeitos e vereadores confirmam presença em evento que defende unificação das eleições


Vladimir Chaves


Cento e sessenta prefeitos e 800 vereadores já confirmaram presença no evento que será promovido pela Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), na sexta-feira (24), para debater a PEC 56/2019 que propõe a unificação das eleições no País. A atividade terá início às 8h30 e será realizada no auditório da na Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), em Campina Grande.

A PEC apresentada na Câmara Federal quer estender os mandatos dos vereadores e prefeitos para que, a partir de 2022, as eleições municipais e gerais sejam unificadas. A iniciativa é do deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB/SC). A proposta cancela o pleito de 2020 e com isso os brasileiros iriam às urnas dois anos depois para votar para presidente, governador, senador, deputado federal, deputado estadual, prefeito e vereador.

O autor da PEC 56 afirma que a unificação das eleições já em 2022 vai gerar economia de R$ 1 bilhão. Contudo, dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontam que em 2012 as eleições municipais custaram aos cofres públicos R$ 483 milhões; e em 2016, R$ 650 milhões. Ou seja, 134,6% a mais. Portanto, na mesma proporção para 2020, o valor total das eleições municipais seria de R$ 874,9 milhões, abaixo da projeção de economia.

O presidente da Famup, George Coelho, informa que mais de 90% dos prefeitos e vereadores paraibanos são favoráveis à aprovação da PEC. Entre as vantagens que ela trará, o dirigente destaca: redução nos custos das eleições, em seu aspecto operacional, pois a organização do pleito ficaria mais barata aos cofres da Justiça Eleitoral; barateamento das campanhas eleitorais; e fortalecimento da governabilidade, facilitando a execução de políticas públicas.

“As eleições intercaladas a cada dois anos prejudicam as políticas públicas na esfera municipal, já que justo na metade do mandato dos prefeitos as eleições estaduais e nacional paralisariam a máquina pública. Encerramos uma eleição e já começamos a pensar na próxima. A população acaba sendo a grande prejudicada com a paralisação de serviços e descontinuidade de políticas públicas”, disse George.

(Famup)


 Nenhum comentário

Romero reúne equipe e recomenda apoio à consolidação de novo investimento privado no bairro da Liberdade


Vladimir Chaves


O prefeito Romero Rodrigues promoveu reunião, na manhã desta terça-feira, 21, na sede da Urbema, com um grupo de secretários e técnicos de vários setores da gestão para tratar da participação e colaboração do poder público municipal em relação a mais um projeto de desenvolvimento econômico da cidade.

A construção de uma moderna unidade da empresa Supermercados Ideal, próximo ao Parque da Liberdade, no bairro da Liberdade, representa um investimento privado da ordem de R$ 10 milhões e deve gerar, pelo menos, 200 novos postos de trabalho em Campina.

Para a reunião, Romero Rodrigues convocou os secretários Diogo Lyra (Planejamento, Gestão e Transparência), Fernanda Ribeiro (Obras), Geraldo Nobre (Serviços Urbanos e Meio Ambiente) e o presidente da Urbema, Josimar Henrique. Técnicos das secretarias envolvidas também participaram do encontro de trabalho.

O empresário Evandro Barbosa, diretor-presidente dos Supermercados Ideal, também participou da reunião, acompanhado de Suênia Costa, da área financeira do grupo, e do arquiteto Carlos Alberto Lipo.

Evandro anunciou que o início da obra - que envolverá uma área de 21 mil metros quadrados – está programado para o próximo dia 15 de junho, com previsão de inauguração ainda no primeiro semestre de 2020.

Basicamente, na reunião foram tratadas em detalhes questões relativas a intervenções do poder público no sentido de colaborar para a celeridade nas obras. O prefeito Romero Rodrigues deixou claro que sua gestão se manterá na filosofia de ser parceiro de todos os que investem na cidade e geram empregos.
A recomendação dele para a equipe é de que, naturalmente dentro do limite legal, haja esforço da Prefeitura para contribuir com obras e investimentos nas áreas de infraestrutura e mobilidade urbana – ações que beneficiarão diretamente também à comunidade que frequenta o Parque da Liberdade e toda a população dos bairros que integram a região Sul de Campina Grande.

terça-feira, 21 de maio de 2019

 Nenhum comentário

Márcio Melo requer Sessão Especial para homenagear os 70 anos da Diocese de Campina Grande.


Vladimir Chaves


A Câmara Municipal de Campina Grande vai realizar Sessão Especial para homenagear os 70 anos da Diocese de Campina Grande, a propositura é de autoria do vereador Márcio Melo.

Atualmente a Diocese é dirigida pelo Bispo Dom Dulcênio Fontes de Matos. A Diocese foi criada em 14 de maio de 1949, através de um documento Papal chamado de Bula, com o título “Supremum Universi” do Papa Pio XII, desmembrada da Arquidiocese da Paraíba, pertencendo ao Regional Nordeste 2 da CNBB.

A Diocese de Campina Grande está entre as cinco dioceses da Província Eclesiástica da Paraíba: A Arquidiocese da Paraíba com sede em João Pessoa - criada em 1892; a Diocese de Cajazeiras, criada em 1914; a Diocese de Patos, criada em 1959 e a Diocese de Guarabira criada em 1980.

O primeiro bispo da diocese foi Dom Frei Anselmo Pietrulla, vindo da Prelazia de Santarém, no Pará. Ele tomou posse no dia 13 de novembro de 1949, um dia após a instalação da Diocese e ficou até 1955, quando foi transferido para a Diocese de Tubarão (Santa Catarina), onde morreu como bispo emérito em 25 de Maio de 1992.

 Nenhum comentário

Clube militar convoca associados para atos em defesa das reformas proposta por Bolsonaro.


Vladimir Chaves


O Clube Militar que tem cerca de 38 mil sócios, entre militares da ativa, da reserva e civis, confirmou seu apoia as manifestações marcadas para domingo (26) em defesa do presidente Jair Bolsonaro, em vários estados do Brasil
Através de mensagem publicada em seu site e enviada por e-mail aos filiados, a entidade diz que o apoio ao governo é motivado pela defesa das “reformas necessárias à governabilidade”.

“O Clube Militar, tradicionalmente preocupado com os assuntos atinentes ao desenvolvimento da nação brasileira, vem convocar seu quadro social e convidados a participarem das manifestações a serem levadas a efeito em todo o território nacional, apoiando o governo federal na implementação das reformas necessárias à governabilidade”, diz a organização.

Na convocação foi utilizado o slogan “Brasil acima de tudo”, o mesmo usado pelo nosso presidente Bolsonaro e informa o local de onde será o local da manifestação.

Do site pátria digital

 Nenhum comentário